Felicidade

21 09 2010

Hoje cedo assiti a uma matéria no Bom Dia Brasil. O assunto era uma pesquisa americana que queria saber o preço da felicidade . Nos EUA se descobriu que a felicidade custa algo como 11.000,00 ( no nosso Real ) mensais. Esse é o valor que não causa divórcio e nem depressão. Que permite compras e e contas pagas e sobra no final do mês. Pelo que li no restante da pesquisa( porque pesquisei depois do programa háháhá )sem este valor fica muito complicado ser feliz nos nossos dias já que devemos atender a diversas solicitações do mundo contemporâneo como :diversão, lazer e cuidados com a aparência e … avanços tecnológicos?!para que possamos nos sentir bem.Ou seja no modelo americano não dá para ser feliz sem modelos atualizados de aparelhos, objetos e mesmo sem atualizar a prória face e corpo. Na contra nada especificamente mas a necessidade incansável ( ou muito cansativa) do novo é inacreditável e vai das aparelhagens resvestidas de tamanhos gigantes ou minúsculos, de multifunções nunca utilizadas provavelmente ao prório corpo.

Na Terra Brasillis os entrevistados na rua pareciam crer em cifras bem mais modestas e alguns ficariam felizes com tv´s gigantes, carros novos , casas grandes mas uma coisa só já bastava. Incrível a pauta da matéria e a pesquisa relacionavam o que na verdade já juntamos na vida real . Inseparáveis são o dinheiro e a felicidade . Através do dinheiro nos colocamos num patamar de sociabilização e através dos cifrões nos mantemos no mundo fazendo parte de grupos. O dinheiro compra conforto dizia a reportagem mas o confortável na verdade é uma imagem de sucesso que se faz através da aquisão de bens.E quando temos objetos nos diferenciamos do básico e quanto mais novos são estes objetos mas estilosos ficamos e mais segregada é nossa sociedade que cumpre com esse modelo. Que confusão danada. O dinheiro faz bem a saúde , ao sexo , e a beleza. Mas é como produto que ele satisfaz . É através da satisfação oferecida pelas compras que o dim dim se faz como sentimento.

E que ninguém ache que eu acho bom viver sem dinheiro. Sou capitalista, consumista e td o mais mas… e o freio? quando é que vamos conseguir pensar sem conformismo ? quando é que alguém vai dizer que dinheiro é ótimo mas que ninguém precisa de um life style de empilhamento doentio de produtos ? quando vamos gerar modelos próprios de felicidade ou mais interessante ainda quando vamos deixar de lado a obrigação em sermos felizinhos???!!!!

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: