Consumo em época de consumir : é Natal

30 11 2010

Apesar de continuar me classificando como uma consumista devo dizer que me tornei ou, venho pelo menos me observando, bem mais racional no âmbito das compras. Tudo que venho adquirindo tem sido realmente utilizado e parece mesmo muito dentro da realidade do meu dia a dia. Sairam das minhas compras aquelas coisas que eu não ia usar nunca ou que serviam apenas para enfeitar meus delírios de uma festíssima, eventíssimo. Em todos esses casos garanto que ainda tenho estoque de sobra caso venham a ocorrer qualquer um desses imperdíveis acontecimentos e , como sempre, independente do que eu possua vou sempre achar que não tenho nada para vestir na ocasião . Sendo assim , desisti de comprar por antecipação: nada de vestidos para a festa que ainda não existe, ou para o jantar  que não vi nem o convite. E surpresa : meu final de ano é regado a cerveja no bar e não a campanhe em alto mar …ou seja melhor mesmo embarcar no figurino de verão ( mesmo sem muito amor a ele já que é sabido que não gosto da estação e me visto nela por mera obrigação ou por ceder ao sol inevitável) do que viajar em saltos e brilhos que provavelmente vão se juntar aos que eu já tenho no armário.

Tendo isto posto vamos falar do NATAL. Estamos no fatídico final de ano. Entra aquela história de férias (no meu caso é fim de período acadêmico ,logo são minhas férias)e junto disso é Natal. É aquela hora de gastar com presentes e vem aquela vontade óbvia de se presentear também. No meu caso essa vontade é completamente óbvia mesmo! Aí para não chafurdar na confusão de desejos anteriormente contidos  , necessidades e presentes para os parentes resolvi seguir o conselho de minhas amigas experientes e listar o que é necessário. Só um aparte, a verdade é que desde que comecei a usar o Moleskine minha vida mudou. Tudo bem que me transformei num amontoado de listinhas mas funciona melhor que agenda de papel e do que qualquer coisa eletrônica ao qual não me adaptei.

Aí comecei minha listagem de compras de final de ano e descobri logo que se eu quero colocar meu filho numa colônia de férias esse consumo já vai sair de casa com freio.Pois é…. coisas nas férias tem ônus e se você quer aproveitar seu tempo livre e o verão também é uma boa idéia comprar menos e ter mais para gastar ao longo dos meses em que o sol vai amolecer a sua cabeça de tal maneira que você não vai ter como pensar no que é mais ou menos sensato!

De todo jeito fiz uma lista amiga do que eu realmente preciso comprar : aqueles presentes para a família , filhote e maridão. Umas poucas coisas para os amigos e aí meus sonhos de consumista de final de ano. SURPRESA: sonhos de consumo mais ligados na vida real … não que esta vida seja sem glamour. Preciso de vestidos se um deles for de poás , melhor! Vou investir numa sandália rasteira nova com certeza mas ela virá com brilho e de preferência com alguma pedraria( esse tipo de calçado é fundamental para mim no calor . Eu detesto sandálias abertas demais mas meus pés não aguentam as altas temperaturas… se é assim … que seja com algum luxo extra! que venham os brilhos e que todos reluzam nas areias escaldantes!!!!). Nas bijus preciso de controle total…andei conhecendo uma marca que me deixou alucinada mas não pretendo consumir nada do gênero até porque já comprei aquilo que amei !!!! 

Vamos então acompanhando esses rumos pré natalinos para ver como vou me sair nessa empreitada tão ligada a posse dos bens materiais e tão desconectada de outros valores…mais isso é conversa para o próximo post.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

30 11 2010
Clara Miranda

Gatona, essa vida é uma loucura mesmo.
Imagine que eu, mais ou menos dentro da sua filosofia (afinal meu apartamento será entregue em maio, e estamos segurando a onda nos gastos) resolvi que neste Natal só eu mesma ia ganhar presente (egoísmo total, eu sei), mas que ia ser presente de Natal e aniversário, já que um é pertinho do outro.
O presente era, creia, uma máquina de costura.
Mas aí super mamy’s fez uma mega surpresa (daquelas que todo mundo sabia menos eu) e me deu uma máquina de presente!
Então o que eu faço com a grana que já estava programada pra ser gasta?
a) Guardo tudo.
b) Invisto numa oficina de costura (afinal, não nasci sabendo…)
c) Gasto metade num espelho enorme (que não tenho) e a outra metade numa oficina mais curtinha
Ai, céus!
Bjim!

2 12 2010
FASHIONANDDESIGNBYsilviahelena

nem sei se vc recebeu a resposta mas … a questão é que se eu resolver fazer alguma coisa com as mãos eu e o mundo que depender disso estão perdidos !!!! dou a maior força na oficina mas amiga eu sou para para pensar e fazer definitivamente não é comigo ! mas espero ainda me tornar sua cliente pois essa máquina de costura ainda vai render criações que vc vai vender por aí!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: